sábado, 2 de abril de 2011

Tem tudo de mim em meu peito.(Minha alma inteira).
Visto-me da transparência do amor e não penso muito 
em justificar momentos ruins...Sei que passam.
Mas, para isso, resguardo-me em silêncios que 
somente eu consigo traduzir... ”

¬ Cida Luz ¬




“Palavras me colorem e me escrevem. Olho pela janela 
e entendo. Apesar de difícil, é simples o mundo. 
O céu parece mais claro e até o cinza me traz um 
tom diferente: é só um novo jeito de ver. 
Ou de me sentir.” 

(Fernanda Mello)


Nenhum comentário:

Postar um comentário