sábado, 9 de abril de 2011

Se é pra viver, vamos viver direito.
Com conteúdo. Troque o verbo, mude a frase, inverta a culpa.
O sujeito da oração é você.
A história é sua, mãos à obra!
Melhore aquele capítulo, jogue fora o que não cabe mais,
embole a tristeza, o medo, aceite seus erros, reescreva-se.
Republique-se. Reinvente-se.
E transforme-se na melhor edição feita de você..."

(Fernanda Mello)




A saudade é uma prova, um certificado
carimbado e assinado embaixo, de que não
estamos inteiramente sós e nem vazios.
As pessoas vêm e vão, e ficam assim se
prolongando em nós, existindo pela
eternidade do nosso caminho.

(Letícia Thompson)




Nenhum comentário:

Postar um comentário