domingo, 1 de janeiro de 2012

“O que é mesmo fazer direito? 
O que é mesmo ser normal hoje em dia? 
Acho tão fora de moda utilizar essa linha imaginária: 
daqui pra cá é normal, daqui pra lá é loucura. 
Todo mundo tem uma pitada de tudo. 
É esse o tempero das pessoas: 
um tablete de insanidade e outro da tal normalidade. 
Eu acho meio chato ser normal. 
É por isso que desde pequena me acham esquisita.” 

~ Clarissa Corrêa.



Eu carrego comigo uma caixa mágica 
onde eu guardo meus tesouros mais bonitos. 
Tudo aquilo que eu aprendi com a vida,tudo 
o que eu ganhei com o tempo e que vento 
nenhum leva.(…) O pouco é muito pra mim. 
O simples é tudo que cabe nos meus dias. 
Eu vivo de muitas saudades.E quem 
se arrebenta de tanto existir,vive 
pra esbanjar sorrisos e flashes 
de eternidade.” 

[Caio Fernando de Abreu]